Acadêmico de Enfermagem é destaque no Estágio Supervisionado no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap-UFMS/Ebserh)

Postado por: Belmiro Junior

Paulo Ricardo atuou tanto no gerenciamento do serviço de enfermagem como no atendimento ao paciente.

Durante três meses (de 19/04 a 26/07), o acadêmico Paulo Ricardo Trussardi Maia, do 9º semestre do Curso de Enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campus de Coxim, fomentou inovações e pesquisa no serviço de hemodiálise (Unidade do Sistema Urinário), do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap-UFMS/Ebserh), nas áreas de gestão e assistencial.

O acadêmico Paulo Ricardo, que estava realizando seu estágio supervisionado I, logo que chegou à Unidade do Sistema Urinário, no serviço de hemodiálise, adaptou-se de imediato com a equipe e o serviço de alta complexidade.

Durante o estágio, o acadêmico participou de inúmeras atividades, vivenciando junto com a supervisão da equipe de enfermagem diversas intervenções, para compreender o cotidiano do serviço de hemodiálise. Entre as intervenções, atuou na sistematização da assistência em enfermagem; na elaboração e implantação de indicadores de gestão; na organização e controle dos estoques da unidade e na melhoria de formulários utilizados no serviço.

Além das atividades no setor, o estagiário pode acompanhar as rotinas da hemodinâmica e do centro cirúrgico. Na hemodinâmica, acompanhou diversos procedimentos, como, por exemplo, angioplastia, passagem de cateter duplo “J” e de cateteres permcath. No centro cirúrgico, além de observar a confecção de uma fístula, auxiliou os médicos, por meio dos serviços de enfermagem, dentro da sala.

“Em relação ao estagiário Paulo, foi uma grande satisfação conhecê-lo e tê-lo aqui com a gente esse tempo. Foi muito interessante ver o ânimo dele, a vontade de crescer, de aprender e até de nos ensinar, eu entendo que alguém sempre tem o que ensinar, ele nos ensinou muitas coisas, organizou o serviço ajudando a nossa Responsável Técnica (RT) da enfermagem e as outras enfermeiras. Quero agradecer o tempo que ele passou aqui com a gente, não só como um colaborador, como um estagiário, mas como um amigo também. Espero que ele retorne aqui para casa”, afirma o urologista responsável pela Unidade do Sistema Urinário, Peterson Vieira de Assis.

O estagiário também buscou cursos online, assim como artigos científicos necessários para realizar a prática assistencial e gerencial do cuidado de enfermagem ao paciente que sofre com a doença renal crônica e/ou aguda.

Dessa forma, com a experiência adquirida no serviço de hemodiálise, Paulo, incentivado por sua orientadora de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), professora Dra. Soraia Geraldo Rozza Lopes, escreveu dois resumos para o Congresso Paulista de Nefrologia que acontecerá no final do mês de setembro.

O estágio supervisionado curricular do acadêmico Paulo Ricardo, foi avaliado pela professora Dra. Katia Motta, coordenadora do Curso de Enfermagem da UFMS, Campus de Coxim, e pela supervisora e responsável técnica pela equipe de enfermagem do Humap-UFMS, enfermeira Ma. Tâmara Trelha Gauna.

“A atuação do Paulo Ricardo foi imprescindível para a assistência ao doente renal crônico em hemodiálise e também na organização do serviço. Ele atuou tanto no gerenciamento do serviço de enfermagem como no atendimento ao paciente, nos ajudou muito na organização de planilhas, de indicadores do serviço, na organização geral. Sempre que levantava os problemas já sugeria a solução, na maioria das vezes ele mesmo fazia a correção. Paulo se comprometeu com o serviço, vestiu a camisa, sempre se relacionou bem com todos os pacientes. O acadêmico também fez um mapa de controle das máquinas de hemodiálise e de osmoses, conseguiu organizar o depósito, o carrinho de parada e a sala onde guardamos os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), além de várias outras atividades”, relata Tâmara Gauna.

Por fim, a chefe da Unidade de Gerenciamento de Atividades de Graduação e Ensino Técnico (UGAGET), Karulina Borges Tonioli, pontuou sobre a atuação do acadêmico. “É motivo de muita satisfação e orgulho para a UGAGET receber esse retorno positivo das áreas referente às atividades práticas e de estágio que gerenciamos no Humap-UFMS. O acadêmico Paulo Ricardo desde o primeiro momento se mostrou muito atento, interessado, ávido por agregar conhecimento e realmente demonstrou tudo isso quando desenvolveu suas atividades de estágio na Unidade do Sistema Urinário. Só temos agradecimentos e elogios ao acadêmico Paulo Ricardo. Desejamos todo sucesso em sua trajetória profissional, que com certeza será a melhor possível, com cuidados de excelência aos pacientes, respeito ao próximo e muita competência técnica”.

“O papel de um hospital universitário, além de atender as demandas da assistência à saúde, da cidade, do estado, é também o de formador de pessoas, de fomentador de novos projetos tecnológicos, de inovação e de pesquisa na área da saúde e o trabalho desenvolvido pelo acadêmico Paulo da enfermagem, na Unidade do Sistema Urinário nos deixa muito felizes, porque ele traduz exatamente o papel de um hospital universitário, que é estimular novas ideias, novas ações e inovações, tanto tecnológicas como de gestão no ambiente hospitalar”, diz o superintendente do Humap-UFMS, Cláudio César da Silva.

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

O Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap) faz parte da Rede Hospitalar Ebserh desde dezembro de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Texto em: https://www.gov.br/ebserh/pt-br/hospitais-universitarios/regiao-centro-oeste/humap-ufms/comunicacao/noticias/gep/outros/estagiario-de-enfermagem-fomenta-inovacoes-e-pesquisa-no-servico-de-hemodialise

Compartilhe:
Veja também